quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Pequenas coisas do quotidiano em Luanda - Parte I

De manhã

Acordo cedo. Acordo cedo espontaneamente. Acordo cedo espontaneamente bem disposta. Acordo cedo espontaneamente bem disposta quase todos os dias.

Quem me conhece, e já sentiu na pele o meu feroz humor matinal (igual à de um urso polar abruptamente resgatado do sono em plena época de hibernação), dirá que é um milagre.

Parece ridículo, mas para quem muitas vezes já se deixou dormir com o despertador a azucrinar selvaticamente no ouvido este é, seguramente, um momento a assinalar.

Mas não exageremos, que também não é por isso que me levanto alegre e lampeira. Para isso é preciso mais que um milagre. Talvez dez.

Fico só mais um bocadinho, só mais cinco minutos, só mais dez minutos, só até o rádio tocar. Mas em vez do habitual sofrimento que o despertar me oferece, sou brindada com sensação reconfortante de quem sabe que lá fora é Verão. Está sol ou pelo menos calor. Não tenho de calçar meias nem botas nem luvas nem usar chapéu de chuva. Não tenho de calçar chinelos nem vestir roupão. O ar quente eleva-me e só tenho que deixar-me ir.

"Está calor" é a verdade insofismável e irredutível desta terra.

Faz lembrar aquelas manhãs de férias de Verão, rodeada de expectativas de maresia, de gelados, de marisco, de refrescos e a alegria imensa de não saber o que se espera.

Pena não estar de férias.


3 comentários:

June disse...

Maria, TU NAO ACORDAS MALDISPOSTA????? esse calor esta a fazer milagres!!!!!!beijos

FTM disse...

@ June: quem és tu?

Glória disse...

insofismável?? ah?!?

Que saudades que eu tenho do verão! Quando regressaS? espero que cá a temperatura já esteja mais amena para não entrares em depressão! :S

Beijinhos grandes ***